A Escola de Merda

Set 09

A Escola de Merda

Era uma vez uma Escola de Merda. O dono dela era o poderoso senhor Anta, que na verdade nada mandava, apenas embolsava os lucros. Logo abaixo dele, havia o diretor financeiro, o senhor Porco; e a diretora pedagógica, a senhora Otária. Obviamente, como em todas as instituições de ensino, havia uma briga ferrenha entre o setor financeiro e o pedagógico, que nunca...

Leia Mais

Más Notícias

Mar 19

Más Notícias

E fui eu quem teve que contar a ela… Dizer cada palavra. Somente eu poderia levar as más notícias. Se qualquer outra pessoa o tivesse feito, seria como fragmentos da verdade, estilhaços de vidro cortando o ar. Ela não entenderia. Mas conforme as palavras sairam da minha boca, meus olhos assumiram o controle e foi minha alma que passou a falar. Meus lábios...

Leia Mais

Naufrágio

Nov 07

Naufrágio

Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E em meio da escuridão veio surgindo, como um feixe de luz que vai crescendo conforme a porta se abre. A esperança renasce, como quem, já sem ar, sobe a superfície depois de um naufrágio.   Houve muito barulho. Um reboliço dentro do navio. Pessoas corriam de um lado para o outro ainda em trajes de festa....

Leia Mais

A Mulher e a Porta

Nov 07

A Mulher e a Porta

As chaves sobre a mesa. A mesa, ao lado da poltrona. A poltrona, quase de frente para a porta. A porta, fechada à chave. Olhava para a porta imóvel. Batia com os dedos no braço da poltrona verde enquanto a impaciência travava uma batalha com a insegurança. A porta, espessa, rígida, enorme e estática; como que encarava a figura sentada na poltrona à sua...

Leia Mais

Sobre Casa e Casamento

Nov 07

Sobre Casa e Casamento

Certo homem possuía uma casa onde vivera muitos anos. A casa era grande, com muitos cômodos distribuídos em dois andares. Ela ficava num terreno cuidadosamente delimitado por altos muros e um portão enorme e pesado. Com medo que algum intruso tentasse invadir sua propriedade, o homem acrescentou aos muros uma cerca elétrica. No ano em que o homem ficou noivo,...

Leia Mais

Insônia

Nov 07

Insônia

Daqui a pouco começa a amanhecer e eu ainda não dormi. Meus fantasmas me assombrarm, meus medos me tirararm o sono. Decidi escrever. Medo de quê, afinal? De que meus sonhos se realizem? Claro que não. Medo de mais uma vez acreditar que eles vão se realizar e descobrir que me enganei novamente. Medo se sofrer. É que eu não sei direito o que está acontecendo....

Leia Mais